Data

Diretora do IIPE deixa sua marca no planejamento educacional
Suzanne Grant Lewis, diretora do IIPE UNESCO, se aposentará e deixará a família da UNESCO no final de maio
Suzanne Grant Lewis

© IIPE UNESCO

Desde 2014, ela contribuiu com sua visão estratégica e liderança para os três escritórios do instituto, em Buenos Aires, Dakar e Paris, e agora deixa uma marca profunda não só no IIPE, como também no campo do planejamento e gestão educacional.

Com 30 anos de experiência na melhoria das oportunidades educacionais no mundo em desenvolvimento, Grant Lewis teve uma carreira expansiva em políticas e planejamento educacional. Antes de entrar para o IIPE, ela ajudou a lançar em 2011 o  International Education Funders Group, uma colaboração de mais de 50 fundações para ajudar doadores privados a promover a Educação para Todos. Também dirigiu a fundação Partnership for Higher Education in Africa e, como docente da Universidade de Harvard, codesenvolveu o programa de mestrado em Política Educacional Internacional.

"Para muitos de nós, Suzanne Grant Lewis é um exemplo estelar de como grandes coisas podem ser realizadas se os mundos da política e da pesquisa se cruzarem. Em todas as suas funções e empreendimentos, ela manteve altos padrões e um compromisso ainda maior para melhorar o desenvolvimento educacional e a cooperação internacional".

Gita Steiner-Khamsi, Professora de Educação no Teachers College da Columbia University, Professora em Programas Interdisciplinares no Graduate Institute e Diretora do NORRAG.

No Escritório para a América Latina do IIPE, os colegas se lembrarão dela como a diretora que mais impulsionou a consolidação de um instituto verdadeiramente global, ao passo que fortaleceu a presença do IIPE na região. Ela ajudou a garantir novas parcerias para a implementação de projetos de cooperação técnica, formação e pesquisa, e aumentou substancialmente o financiamento do IIPE. Promoveu sinergias entre os escritórios do instituto, assim como entre o IIPE e outros escritórios da UNESCO, e deu forma a projetos inovadores como o  Learning Portal, um recurso online para formuladores de políticas e planejadores para melhorar os resultados da aprendizagem por meio do planejamento educacional. 

Todos os anos, Grant Lewis falou sobre os principais desafios educacionais de cada momento em seus discursos para as cerimônias de encerramento dos programas de formação do IIPE. Desde os primeiros dias da ambiciosa Agenda Educação 2030, o papel do planejamento na atenção aos riscos de mudanças climáticas a oferecer educação de qualidade para um mundo cada vez mais em movimento, Grant Lewis exortou os ex-alunos do IIPE a planejarem cuidadosamente, rigorosamente e de forma ousadamente comprometida para criar um mundo melhor para todas as pessoas. 

“Encorajo vocês a olharem para o futuro do seu país. O que vocês podem fazer para promover uma visão e incidir em ações para construir um sistema educacional que atenda aos mais vulneráveis daqui a 30 anos?”

Suzanne Grant Lewis, cerimônia de encerramento do Programa de Formação Avançada em 2019.

De certo modo, Grant Lewis sintetiza as características fundamentais de um plano sólido para o setor de educação: uma visão clara e uma abordagem realista para atingir metas ambiciosas. Ela abraça o mandato do IIPE para reforçar a capacidade dos Estados-membros da UNESCO de planejar e administrar seus sistemas educacionais com eficácia e reconhece que soluções de curto prazo não levam a uma transformação sustentável do sistema como um todo. Em vez disso, ela baseia suas conclusões em evidências, põe ênfase nos resultados e inspira os colegas a prestarem atenção à importância da resiliência e da dimensão da equidade na educação. Isso ecoou ainda mais no contexto da pandemia de COVID-19, que causou perturbações sem precedentes na educação. Grant Lewis ajudou a posicionar o IIPE como um ponto de referência de como os sistemas de educação poderiam responder e minimizar o impacto na aprendizagem. Ela também foi responsável pela iniciativa levada a cabo pelo Secretariado-geral das Nações Unidas "Policy Brief: Education during COVID-19 and beyond", e organizou as contribuições de 15 organizações internacionais.

 “Foi um prazer e uma honra trabalhar com Suzanne Grant Lewis durante sua gestão como a (há muito esperada) primeira mulher diretora do IIPE. Sua liderança e contribuição para a UNESCO farão muita falta –  ela trouxe uma amplitude de conhecimento e experiência de pesquisa, apoio a políticas e, como practitioner local, devo acrescentar, uma lufada de ar fresco”.

Jordan Naidoo, Diretor e Representante para o Afeganistão, Escritório da UNESCO em Cabul.


O desenvolvimento de uma perspectiva de gênero no IIPE foi outra grande conquista para Grant Lewis. Como a mulher líder que é, ela acelerou a institucionalização de uma visão transversal da perspectiva de gênero dentro do instituto. Apoiou oportunidades para uma nova geração de planejadoras e gestoras da educação, por exemplo, por meio da criação de uma bolsa feminina de formação e seu apoio estratégico para a Escola de Verão 2017 para planejadoras. Sua liderança também ajudou o escritório de Dakar a aprimorar seu trabalho em gênero por meio da Gender at the Centre Initiative e a contratação de profissionais que trabalhariam exclusivamente com questões de gênero e apoiariam seus colegas na integração da perspectiva de gênero no trabalho realizado dentro do IIPE. 

Em seus anos no IIPE, Grant Lewis ajudou a promover o lema do instituto – Planejar a educação, construir o futuro – de novas maneiras. Agora, com suas contribuições, o IIPE espera continuar sua missão de apoiar os países na oferta de uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade e de promover e aprendizagem ao longo da vida para todas as pessoas.