IIPE UNESCO Escritório para a América Latina

Políticas para promover o acesso equitativo à educação superior latino-americana

Este documento analisa as políticas de educação superior implementadas na última década nos países da América Latina, que provavelmente terão um impacto na melhoria do acesso para os grupos socioeconômicos mais desfavorecidos. A análise dessas políticas pode lançar luz sobre algumas maneiras possíveis de aliviar o aprofundamento da desigualdade social no ensino superior latino-americano.

Respostas de política pública e desafios para garantir o bem-estar da primeira infância em tempos de COVID-19

O documento "Respostas de política pública e desafios para garantir o bem-estar da primeira infância em tempos de COVID-19: uma análise comparativa para a América Latina" possui dois objetivos. Em primeiro lugar, oferecer um panorama geral da situação da primeira infância antes da pandemia na América Latina, a fim de identificar vulnerabilidades e riscos no ambiente físico e social das crianças, que podem ser exacerbados pela pandemia e/ou pelas medidas adotadas para contê-la.

Políticas de igualdade de gênero na Educação e Formação Técnica e Profissional (EFTP) na América Latina

O documento “Políticas de igualdade de gênero na Educação e Formação Técnica e Profissional (EFTP) na América Latina” tem como propósito revisar resultados de pesquisas recentes sobre o tema, a partir do levantamento das principais descobertas e conclusões como insumos para contribuir e fortalecer a igualdade de gênero nas políticas de EFTP da região.

Políticas Educacionais e Interculturalidade na América Latina

O documento "Políticas Educacionais e Interculturalidade na América Latina. Estado da arte (2015-2020)", elaborado por Silvina Corbetta, tem como propósito sistematizar os principais núcleos temáticos e problemáticos que atualmente permeiam as ações estatais no campo de intersecção entre a educação e a interculturalidade na América Latina, e que são parte das agendas de pesquisa acadêmica.

Uso de resultados de avaliações de aprendizagem na formulação de políticas educacionais na América Latina

O documento “Uso de resultados de avaliações de aprendizagem na formulação de políticas educacionais na América Latina” descreve de que forma a pesquisa explora a utilização de resultados de exames de aprendizagem como instrumentos para a melhoria da gestão e elaboração de políticas nesse sentido. As sínteses e conclusões facilitam a identificação de temas relevantes para um aprofundamento, com o propósito de reconhecer fatores e dinâmicas que favorecem ou inibem o aproveitamento dos resultados das avaliações de aprendizagem.